Vigor lança linha de bebidas vegetais

A Vigor Alimentos entra em um novo segmento do setor e lança Vigor 100% Vegetal, a primeira linha de bebidas vegetais da empresa. A novidade é uma bebida livre de qualquer ingrediente de origem animal, que chega com um portfólio variado: Amêndoa, Amêndoa sem Adição de Açúcares, Arroz, Coco e Coco com Chocolate.

Vigor 100% Vegetal é rico em vitaminas (A, D e E), fonte de cálcio, zinco, sódio, carboidratos e fibras alimentares, além de não conter lactose, colesterol, glúten, aromatizantes e soja.

De acordo com Flávia Drummond, Diretora de Marketing da Vigor, o lançamento representa um passo novo da companhia. “Estamos indo além ao entrar na categoria de produtos de origem vegetal, o que só reforça como acompanhamos as novas necessidades dos consumidores e estamos atentos a elas. Queremos atender à demanda do público que busca alimentos de origem vegetal, oferecendo essa possibilidade de forma saborosa e com muitas opções”, comenta a executiva.

Leia também: Leite de amêndoas alternativa para veganos e intolerantes à lactose

Leia também: Intolerância à lactose a incapacidade de digerir o açúcar do leite

A empresa

A Vigor foi fundada em 1917 com o nome de Oliva da Fonseca Indústria e Comércio LTDA. e funcionava como uma modesta fábrica para o processamento de leite condensado na pequena cidade de Itanhandu, estado de Minas Gerais, e também uma fábrica em São Paulo, onde o leite pasteurizado era embalado. A nova empresa foi a primeira a fornecer leite pasteurizado para a população paulista.

Pouco depois, em 1930, a empresa instalou unidades para a produção de queijos, cremes pasteurizados e manteigas. A capacidade de produção da fábrica de São Paulo atingiu os 100.000 litros de leite por dia em 1947. Com o objetivo de crescer e expandir sua linha de produtos, em dezembro de 1982, a Vigor adquiriu a Companhia Leco de Produtos Alimentícios, fundada em 1945 e na época a segunda entre as empresas de laticínios no estado de São Paulo e extremamente popular pelos seus leites e manteigas.

Em 1986, com o intuito de diversificar sua produção, a Vigor firmou uma joint-venture com a empresa dinamarquesa MD Foods, cuja finalidade era produzir queijos brancos frescos, como por exemplo, o queijo minas frescal, o cream cheese e o requeijão, bem como introduzir no país a tecnologia de microfiltração para a produção de queijos. Pouco depois, em 1990, a marca lançou o Mix Vigor, produto que apresentava a primeira embalagem de iogurte com cereal em que os grãos eram conservados em um compartimento separado.

No início de 2011 a marca lançou no mercado uma linha de molhos prontos (Branco, Parmesão, Gorgonzola, Funghi Secchi, Creme de Milho e Madeira). Em 2017, ao completar cem anos de uma rica história, a Vigor apresentou novo posicionamento, nova identidade visual e uma nova comunicação. Em agosto deste ano, a Vigor, cuja maior acionista era a J&F, proprietária da JBS, foi adquirida pelo Grupo Lala por US$ 1.8 bilhões. A aquisição marcou a entrada do grupo mexicano no mercado brasileiro de laticínios.

Atualmente a Vigor, que conta com uma diversificada linha de alimentos, incluindo iogurtes, sobremesas lácteas, margarinas, requeijões, queijo ralado e maioneses, está fortemente presente nas principais regiões do país, especialmente no sudeste. Esse vasto portfólio composto por mais de 100 itens são produzidos com todo o cuidado e tradição em 14 modernas fábricas espalhadas pelo país.