Vida Veg lança iogurte proteico 100% vegetal

O crescimento constante da demanda por leites vegetais e derivados aumentou o clima de otimismo no setor. A Consultoria Mordor intelligence calcula que o mercado brasileiro deverá movimentar mais de 2,5 bilhões de reais em 2020. Para atender essa crescente demanda, a Vida Veg, que inaugurou este ano, em Lavras-MG, a maior e mais moderna fábrica de leites vegetais frescos e derivados do país, amplia seu portfólio de produtos e lança o primeiro iogurte proteico 100% vegetal do Brasil.

Embora não exista um cálculo específico do tamanho do mercado brasileiro de produtos veganos, a Associação Brasileira de Supermercado (Abras) afirma que a demanda por produtos vegetarianos é maior do que a oferta no país e responde por boa parte dos mais de R$ 60 bilhões faturados pelo segmento de produtos naturais, anualmente.

A partir deste mês, o Veg Protein, chega aos supermercados. Envasado em garrafas de 250 mililitros, com 14 gramas de proteína vegetal de alta digestibilidade, feito à base de leite de coco, em dois sabores: morango e pasta de amendoim.

O Veg Protein, que oferece 156Kcal no sabor morango e 152Kcal no sabor pasta de amendoin, é rico em cálcio (308 miligramas por embalagem), fonte de fibras alimentares (2,6 gramas por embalagem) e vitaminas B6 e B12. Ainda, por ser de base vegetal, não possui nem lactose, glúten ou colesterol em sua composição, podendo ser consumido por pessoas que tem restrição ao leite de vaca como os intolerantes e alérgicos.

Leia também: Alergia à proteína do leite de vaca – (ALV ou APLV)

Leia também: Esporte e vegetarianismo combinam?

Importante dizer que o Veg Protein é mais um benefício para quem pratica atividades físicas por ser rico em TCM (triglicerídeos de cadeia média), o que é uma fonte de energia rápida. Além de ser uma opção saudável e gostosa entre as refeições e possuir uma textura super cremosa e muito sabor, proporcionando uma alimentação mais saudável, gostosa e consciente.

O produto pode ser adquirido nas lojas do Carrefour, Oba Hortifruti, Confiança, Muffato, Festval, Hippo, Unidasul, Super Nosso, Verdemar, Bahamas, Atacadão Dia a Dia, Mercadinho São Luis, La Fruteria, entre outros pontos de venda da Vida Veg espalhados por todo país.

Anderson Rodrigues, diretor executivo da Vida Veg, ressalta que os alimentos de origem vegetal são mais sustentáveis em comparação com os produtos de origem animal. “A produção de cada litro de leite vegetal demanda 92,7% menos água e emite 75% menos gases de efeito estufa na sua produção em comparação ao leite de vaca, além de não usar nenhum animal na sua produção, pois vem da natureza para a garrafa”, explica.

Os produtos da Vida Veg também possuem o certificado vegano da Sociedade Vegetariana Brasileira (SVB) e o selo “eureciclo”, garantindo a reciclagem das suas embalagens.

A empresa

A Vida Veg nasceu da pesquisa de mestrado de um dos sócios vegetariano que fez sua dissertação estudando o vegetarianismo e percebeu uma grande dificuldade em encontrar produtos 100% vegetais nos supermercados.

A fábrica, que já estava localizada em Lavras (sul de Minas Gerais), iniciou suas operações em 2015 e, como dito, inaugurou este ano, também em Lavras-MG, a maior e mais moderna fábrica de leites vegetais frescos e derivados do país.

A capacidade de produção da unidade pode alcançar R$ 60 milhões em faturamento, por ano. O portfólio de produtos 100% a base de plantas oferece aos consumidores iogurtes, requeijões, shakes proteicos, queijos e a, recentemente lançada, linha de leites vegetais frescos a base de coco, amêndoas e castanha de caju.

Hoje conta com o apoio e dedicação de uma equipe forte que acredita e vai transformar a Vida Veg na principal marca de produtos veganos do Brasil.