Uva passa alguns amam outros nem tanto

Uva passa, alguns amam, outros nem um pouco! Também conhecida apenas como passa, é uma uva seca que foi desidratada (mesmo passando pelo processo de desidratação, a uva passa não perde os seus principais componentes nutricionais), possui um sabor doce, devido ao seu alto conteúdo em fructose e glucose. Estas uvas podem ser consumidas cruas ou em diversos pratos e podem variar de coloração, de acordo com o seu tipo, as mais comuns são as amarelas, as marrom e as roxas.

Extremamente versátil, a uva passa pode ser incluída em uma infinidade de receitas, desde o arroz, para dar um toque especial, saladas, tortas, bolos, panetones, iogurtes, granola caseira, biscoitos, pães, mix de castanhas ou até mesmo para ser comida pura. Muito consumida nas festas de fim de ano, porém, em se tratando de uma alimentação saudável, essas frutinhas secas deveriam fazer parte do cardápio durante todo o ano.

Leia também: Flavonoides e seus muitos benefícios para saúde

Leia também: Prebióticos o que são e seus benefícios

Livre de colesterol e gordura, as uvas passas contêm substâncias chamadas fitonutrientes polifenólicos, que têm propriedades anti-inflamatórias e antibacterianas. Também são ricas em fibra alimentares e ácido tartárico, substância que contribuem para a saúde do intestino. Além desses nutrientes podemos encontrar em sua composição nutricional proteínas (3,07 gramas a cada 100 gramas da fruta), vitaminas C, E, vitaminas do complexo B (tiamina, riboflavina, niacina e piridoxina) e minerais como: sódio, cálcio, ferro, magnésio, fósforo, potássio, boro e zinco.

Benefícios das uvas passas

– Possui alto teor de fibras alimentares: As fibras ajudam na digestão e a manter o corpo saciado por mais tempo, retardando o esvaziamento do estômago. Por isso, em poucas quantidades, as uvas passas podem ser aliadas na perda de peso. As fibras também auxiliam na redução do colesterol ruim.

– Previne a prisão de ventre e contribui com a saúde do intestino: As uvas passas são ricas em fibras solúveis e insolúveis que ajudam a aumentar o volume das fezes e a torná-las mais macias, estimulando o funcionamento do intestino e facilitando a sua expulsão. Este fruto seco é também considerado um prebiótico, devido a ser rico em ácido tartárico, como dito antes, um ácido que é fermentado pelas bactérias do intestino e que ajuda a melhorar o funcionamento intestinal.

– Melhora a saúde dos ossos e dentes: As uvas passas podem ser uma boa adição à dieta para melhorar e manter a saúde dos ossos e dentes, por serem ricas em cálcio, um mineral muito importante para o tecido ósseo. Dessa forma, além de manter os ossos fortes, previnem o surgimento de osteoporose.

Além disso, a uva passa também contém um oligoelemento, conhecido como boro, que facilita a absorção de cálcio, magnésio, fósforo e vitamina D, que são essenciais para todo o sistema ósseo, assim como para o sistema nervoso.

– Possui ação antioxidante: As passas são ricas em antioxidantes como os flavonoides, fenóis e polifenóis, que são compostos que ajudam a reduzir o estresse oxidativo, eliminar os radicais livres e prevenir o dano celular. Assim, a uva passa pode ajudar a diminuir o risco de desenvolver doenças crônicas como problemas cardíacos ou câncer, por exemplo.

– Previne a anemia: A uva passa é uma boa fonte de ferro, nutriente que melhora o transporte de oxigênio para as células do organismo e favorece a produção de glóbulos vermelhos, prevenindo o surgimento de anemia causada por deficiência de ferro (anemia ferropriva).

– Protege a saúde do coração: As fibras presentes na uva passa têm a capacidade de diminuir a absorção de colesterol ruim no intestino, o que permite manter os níveis de colesterol e triglicerideos mais regulados no sangue e evitando o depósito de gordura nos vasos sanguíneos. Além disso, como também possui propriedades antioxidantes, diminuindo o risco de dano celular, a uva passa é ótima para diminuir o risco de doenças cardiovasculares.

– Aumenta a libido: Poucas pessoas fazem essa associação, mas a uva passa pode ajudar muito na vida sexual. A arginina presente no alimento é um aminoácido importante para a libido. É especialmente recomendada para homens que sofrem com disfunção erétil.

– Possui propriedades anti-inflamatórias e antibacterianas: Como dito antes, as uvas passas possuem substâncias chamadas fitonutrientes polifenólicos, que têm propriedades que ajudam na redução de febres e ação de bactérias, por exemplo.

– Regula a acidez corporal: O potássio e o magnésio, abundantes na uva passa, são essenciais para regular a acidez do corpo e, com isso, evitam uma série de problemas como: cálculos renais, gota, tumores, câncer, artrite, perda de cabelo ou doenças de pele.

– Fonte de energia: A frutose, encontrada em grandes quantidades na uva passa, aumenta o nível energético e ajuda a absorver minerais e vitaminas importantes. Com isso, aumenta-se o rendimento físico.

– Ajuda no processo de hipertrofia: O potássio presente na composição nutricional da fruta ajuda na melhor contração dos músculos e do sistema nervoso. Quando unido a uma quantidade moderada de sódio otimiza o processo de hipertrofia muscular.

Riscos de consumo e efeitos colaterais

A uva passa deve ser consumida de forma moderada, pois contém uma boa quantidade frutose (açúcar natural das frutas). É recomendado consumir até duas colheres de sopa cheia por dia. Além disso, diabéticos devem evitar o consumo e para quem deseja perder peso ter o máximo de cautela, quanto a quantidade a ser ingerida.