Tofu muito utilizado em diversas dietas

O Tofu é um alimento feito da coalhada da soja, prensada em blocos através de um processo semelhante a fabricação de queijo. Ele teve origem há mais de 2 mil anos na China, muito utilizado em diversas dietas, mas pode ser consumido por todas as pessoas, principalmente por quem deseja reduzir a quantidade de gordura da alimentação. Quando consumido regularmente, e em quantidades adequadas, poderá ser aliado de uma vida mais saudável, especialmente na saúde da mulher.

Um alimento extremamente versátil, o tofu pode ser usado em uma grande variedade de pratos doces e salgados, inclusive é muito consumido por vegetarianos, veganos e celíacos, já que é isento de glúten.  Pode ser consumido cru, frito, cozido em sopas ou em molhos, cozido a vapor, recheado com diferentes ingredientes, ou fermentado como pickles, etc.

Existem muitos tipos diferentes de tofu, incluindo tofu fresco, tofu macio ou de seda, tofu firme, tofu extra firme, tofu processado, tofu seco, tofu frito e tofu congelado. As opções mais saudáveis ​​nesta lista são as variedades fermentadas, que incluem tofu em conserva. O tofu em conserva, também conhecido como tofu preservado ou tofu fermentado, consiste em cubos de tofu secos que foram secos ao ar e fermentado lentamente.

Leia também: Soja, entenda os prós e os contras

Leia também: Aminoácidos desempenham papéis importantes no organismo

Considerado um alimento altamente nutricional, ele contém todos os aminoácidos essenciais que seu corpo precisa, e possui apenas 69Kcal e 6,56 gramas de proteínas a cada 100 gramas. O tofu fornece 44% das necessidades diárias de cálcio, 40% de ferro e 9% de magnésio, também contém pequenas quantidades de vitamina K e vitaminas do complexo B (tiamina, riboflavina, niacina, piridoxina, ácido fólico e colina), além de fósforo, potássio, cobre, zinco, selênio e manganês.

Benefícios do tofu

– Combate o envelhecimento: O consumo regular de tofu ajuda a retardar o processo de envelhecimento. Ele ajuda a manter a elasticidade da nossa pele e tonifica os músculos faciais evitando assim o aparecimento de rugas. Isso porque a soja contém compostos vegetais naturais chamados isoflavonas. Essas isoflavonas funcionam como fitoestrógenos, o que significa que podem se ligar e ativar os receptores de estrogênio (responsável pela textura da pele feminina e pela distribuição de proteína) no corpo.

Dizem que fazer uma pasta de tofu e aplicar no rosto também ajuda a nutrir a pele.

– Previne doenças cardíacas: O consumo regular de Tofu ajuda a reduzir o risco de doenças cardíacas. Ele pode reduzir os níveis de lipoproteína de baixa densidade ou colesterol ruim em seu corpo que por sua vez contribui para a saúde cardiovascular. Além disso as isoflavonas presentes no tofu também podem reduzir a inflamação dos vasos sanguíneos e melhorar sua elasticidade.

O alimento ainda é capaz de auxiliar a coagulação sanguínea, de modo a evitar a formação de coágulos que resultam em doenças cardiovasculares como infarto e AVC.

– Ajuda a emagrecer: O tofu oferece alto índice de minerais e proteínas com baixo teor de gordura e poucas calorias, sendo uma excelente opção para dietas que visam a perda de peso.

– Previne vários tipos de câncer: Como o tofu é uma boa fonte de selênio (mineral necessário para o bom funcionamento do sistema antioxidante), protegendo dessa forma vários tipos de câncer, especialmente o câncer de mama e cólon (nas mulheres), câncer de estômago e câncer de próstata (nos homens).

– Mantém ossos e dentes saudáveis: Detentor de um alto teor de cálcio, o alimento promove dentes e ossos saudáveis. Ajuda também a prevenir artrite reumatoide e outras doenças ósseas, além de reduzir a perda óssea durante a menopausa.

– Alivia os sintomas da menopausa: O consumo regular de tofu, além de influenciar positivamente o ciclo menstrual, ajuda a estabilizar os níveis de estrogênio durante a menopausa (outro benefício que a boa quantidade de isoflavonas é responsável), ajudando a reduzir os sintomas desconfortáveis desse período, como as ondas de calor.

– Proporciona a saúde do cérebro, fígado e rins: Evidências mostram que seu consumo também ajuda a reduzir danos no fígado e doenças hepáticas. Também ajuda a prevenir doenças renais, especialmente em portadores de diabetes tipo 2, reduzindo a quantidade de proteínas excretadas na urina.

Risco de consumo e efeito colaterais

A origem da soja que compõe o tofu precisa ser conhecida para que não existam malefícios no consumo. Como a maior parte do grão no mundo vem de grandes produções, tanto nos Estados Unidos como no Brasil há alteração genética dos grãos e uso de agrotóxicos, os quais podem ser nocivos à saúde.

Para todos os derivados, o ideal é que a soja seja orgânica para que não haja malefícios para seus consumidores.

O tofu é feito de soja, e a soja contém compostos goitrogênicos, especificamente a genisteína de isoflavonas de soja. Estes goitrógenos são bloqueadores do hormônio da tireóide que podem interferir na produção de hormônio da tireoide e, especificamente, causar hipotiroidismo.

O tofu contém uma boa quantidade de oxalatos, o que pode agravar os cálculos renais ou da vesícula biliar, não sendo indicado o consumo por pessoas que enfrentam esses tipos de problema.

Salvo estas restrições, o tofu só é contraindicado para indivíduos com algum tipo de intolerância ou resistência à soja e pacientes com câncer de mama, visto que pode interferir com as medicações.