Seara inaugurou lanchonete virtual com produtos 100% vegetais

Uma das grandes marcas do ramo de carnes e embutidos, a Seara inaugurou recentemente sua primeira lanchonete virtual, focada exclusivamente em oferecer as mais deliciosas opções dos clássicos cardápios de fast food, com uma singela porém determinante diferença: todos os produtos, sanduíches e acompanhamentos, são 100% feitos com ingredientes vegetais. Desde deliciosos hambúrgueres, passando por sanduíches simulando carne de porco, frango, fish and chips, e mais – toda a delícia das melhores lanchonetes, mas sem um ingrediente de origem animal sequer.

A empreitada da Seara se chama Lanchonete Incrível, não só pelo sentido literal – é mesmo difícil de crer, em um primeiro olhar, que todas as opções são feitas de fato com ingredientes vegetais – mas também em referência a outro produto da marca, lançado em 2019: o Incrível Burger, feito inteiramente com vegetais, que foi lançado então como produto ainda em fase experimental, e vendeu seis vezes mais do que o esperado.

A imensa demanda pelo Incrível Burger levou a Seara a desenvolver uma linha inteira de produtos veganos – que agora servem de base para o cardápio da Lanchonete Incrível.

Leia também: A diferença entre ser vegetariano e vegano

Leia também: Seara lança produtos 100% vegetais à base de ervilha

Do Pulled Hot Dog – um cachorro-quente com molho barbecue e “carne de porco” desfiada – passando por algumas belíssimas opções de hambúrguer, cheeseburguer, sanduíches de frango, até opções com molho chedar ou receitas clássicas – tudo 100% vegetal. São 9 sanduíches e 3 opções de batatas-fritas, vendidos pelo iFood, mas a Lanchonete Incrível é uma iniciativa de divulgação da Linha Incrível de produtos Seara, que por enquanto estará funcionando somente para a cidade de São Paulo.

A empresa

Seara Alimentos é uma empresa brasileira do ramo alimentício fundada em 18 de novembro de 1956 no município de Seara, oeste do estado de Santa Catarina, pelos irmãos Artêmio e Aurélio Paludo (este último então prefeito da cidade), mais Teodoro Barbieri e dezenas de sócios. Em 1975 a empresa realizou a sua primeira exportação de 240 toneladas de frango para o distante Kuwait, iniciando assim uma enorme fase de crescimento.

No início da década de 1980, a Ceval Alimentos, uma grande processadora de soja, adquiriu a Seara, conservando sua marca já consolidada no mercado e impulsionando a sua capacidade de investimentos. Além disso, ampliou o número de unidades industriais, equipando-as com tecnologia moderna e adequada ao seu mercado de atuação. Nesta época, em 1982, ocorreram as primeiras exportações para o Japão, além de se tornar a primeira empresa brasileira do segmento a exportar cortes de frango para o exigente continente europeu.

No final desta década, em 1997, a Bunge International assumiu o controle acionário da Ceval, e passou a ser proprietária da SEARA, que definitivamente se tornou uma marca especializada em aves, suínos e carnes processadas. Em 2000 a SEARA se tornou líder na exportação de carne suína, e também realizou sua primeira venda para a rede de alimentação rápida McDonald’s, da qual se tornaria por anos uma estreita fornecedora.

Em 2009, o frigorífico Marfrig, um dos maiores do país, adquiriu a SEARA, que pertencia a Cargill desde 2005, por aproximadamente US$ 900 milhões, incluindo as dívidas da empresa catarinense. Desde a aquisição a Marfrig investiu muito dinheiro para transformar a marca SEARA facilmente reconhecida em qualquer lugar do planeta. O grande passo nesse sentido foi se tornar patrocinador oficial da FIFA nas Copas do Mundo de 2010 e 2014.

Porém, em virtude do alto endividamento da empresa, em 2013 a SEARA foi adquirida pela JBS por aproximadamente R$ 6 bilhões.