Orégano uma erva utilizada especialmente em massas, saladas e molhos

O orégano (Origanum vulgare) é uma erva perene e aromática, muito utilizada na cozinha do Mediterrâneo para conferir um toque picante e aromático à comida, especialmente em massas, saladas e molhos. No entanto, o orégano também pode ser consumido na forma de chá ou usado como óleo essencial devido às suas propriedades antioxidantes, antimicrobianas e anti-inflamatórias, que lhe conferem diversos benefícios para a saúde.

O orégano tem alta atividade antioxidante pela presença de ácido fenólico e flavanoides. Adicionalmente tem propriedades antimicrobianas contra bactérias como Listeria monocytogenes e outros patógenos presentes nos alimentos, que ajudam a preservar os alimentos, evitando e controlando a proliferação e desenvolvimento de microrganismos que podem deteriorá-los.

Leia também: O papel dos antioxidantes em nosso organismo

Leia também: Ervas aromáticas

A erva possui uma vasta composição nutricional, onde podemos encontrar a cada 100 gramas 265Kcal, 9 gramas de proteínas, 68,92 gramas de carboidratos, 42,5 gramas de fibras alimentares, além de vitaminas A, C, D, E, K, vitaminas do complexo B (tiamina, riboflavina, niacina, piridoxina, ácido fólico), ômega-3 e minerais como: cálcio, ferro, magnésio, fósforo, potássio, sódio e zinco.

O chá de orégano

O orégano é rico em diversas propriedades que, quando ingeridas na forma de chá, podem beneficiar a saúde do nosso organismo, além de ser muito saboroso. O orégano, em forma de chá, é usado há milhares de anos para fins medicinais. Adiante citaremos algumas de suas propriedades fitoterápicas.

Como preparar o chá de orégano: Em uma xícara de chá, coloque uma colher (sopa) de folhas de orégano seca, adicione água fervente e tampe. Coe e tome quente ou frio, se preferir pode ser adoçado com açúcar ou mel.

Benefícios do orégano

– Proporciona a saúde do sistema cardiovascular: O coração é um dos maiores beneficiados pelo consumo de orégano. Isso porque o alimento é rico em duas substâncias importantes para a saúde do órgão, o potássio e o ômega-3. O primeiro é responsável por controlar a pressão arterial e equilibrar os batimentos cardíacos acelerados que aparecem como consequência do excesso de consumo de sódio; Já o ômega-3 diminui o colesterol, previne os coágulos de sangue e evita arritmias cardíacas.

– Diminui cólicas e regula o ciclo menstrual: O orégano também traz benefícios específicos para as mulheres. Para começar, em forma de chá ou consumido in natura, ele funciona como um remédio natural para aliviar as cólicas, já que entre seus componentes estão os polifenóis com propriedades anti-inflamatórias. 

Seu consumo habitual também pode ser um aliado para resolver o problema de quem tem o ciclo menstrual irregular e ainda prevenir o risco da menopausa precoce.

– Fortalece o sistema imune: Quem precisa melhorar o sistema imunológico também pode utilizar das propriedades do orégano. Isso devido a vitamina A, que está entre os seus principais componentes. Sendo assim, além de prevenir doenças virais, o alimento também funciona para tratar problemas deste tipo, assim que aparecerem os primeiros sintomas.

– Possui propriedades antioxidantes: Assim como os demais alimentos ricos em antioxidantes, o consumo de orégano também contribui para a prevenção do câncer. Isso acontece porque essas substâncias são capazes de impedir a ação dos radicais livres que criam um cenário favorável para o surgimento de diversas doenças como a aterosclerose, a obesidade, o diabetes, a hipertensão, doenças degenerativas (como o Alzheimer e Parkinson), e alguns tipos de câncer.

– Auxilia na perda de peso e no bom funcionamento do sistema digestivo: Outro benefício do orégano é na digestão, já que ele estimula a produção das enzimas digestivas por contar com uma boa quantidade de fibras em sua composição. Além disso, por causa da presença desse nutriente, ele também ajuda quem deseja evitar os excessos na alimentação por aumentar a sensação de saciedade no organismo.

– Fortalece os ossos e dentes: Os minerais já citados, como manganês, ferro e cálcio, presentes em grandes concentrações na composição nutricional do orégano, são excelentes para o fortalecimento dos ossos e dentes.