Morango a ‘cereja do bolo’

Uma das mais populares, senão a mais popular, em todo o mundo, o morango é uma das frutas mais versáteis e apreciadas, a melhor época para consumi-la é entre abril e setembro, quando ela chega às feiras com o melhor sabor e perfume! O morango é a verdadeira ‘cereja do bolo’, fonte abundante de vitamina C, que é antioxidante e previne gripes, infecções e ainda fortalece os dentes e ossos. Possui antocianina (substancia que dá sua cor) e auxilia na prevenção do envelhecimento precoce da pele e da arteriosclerose.

Existem mais de 600 variedades cultivadas da fruta, que diferem no sabor, tamanho e textura. Além das que são cultivadas pelo homem existem os morangos selvagens, que crescem espontaneamente, têm sabor intenso e pequeno porte.

Leia também: Figo uma flor com poderosa composição

Leia também: Frutas Vermelhas um super alimento

Propriedades do Morango

– Excelente fonte de vitamina C e manganês;

– Contém vitaminas K, B2, B5, B6 e B9, cobre, iodo, silício, potássio e magnésio;

– Contém vários açúcares, incluindo frutose e principalmente levulose;

– Elimina toxinas do corpo, assim, pode ser considerada uma fruta depurativa;

– Alcaliniza o sangue e reforça a imunidade;

– Pode ser considerado diurético e laxativo, por suas propriedades laxantes encontradas nas fibras e sais minerais, estimulando o intestino;

– Possui pouco valor calórico (5 morangos de tamanho médio têm cerca de 24 calorias);

– Possui fisestina (substancia que estimula o cérebro e melhora a memória);

– Contém piroxidina (vitamina B6) que é benéfica especialmente para as mulheres;

– Com relação aos fitonutrientes, eles possuem compostos dos grupos das antocianinas, dos flavonoides, dos ácidos hidroxicinâmicos e hidroxibenzóicos, exemplares de taninos e estilbenos.

Benefícios do Morango

– O morango contém vitamina C, que reforça a imunidade ajudando no processo de cicatrização de feridas, afastando resfriados e absorvendo ferro dos alimentos. A vitamina C é também um dos antioxidantes que podem ajudar a prevenir o câncer, uma vez que um sistema imunológico saudável é a melhor defesa do corpo;

– O potássio e magnésio presentes nos morangos são saudáveis ao coração e podem ajudar a regular a pressão arterial e também diminuem os efeitos negativos do sal;

– Morangos são ricos em fibras, que são muito importantes para uma digestão saudável. Problemas que podem surgir da falta de fibras incluem constipação e diverticulite — uma inflamação do intestino que afeta cerca de 50% das pessoas com mais de 60 anos. As fibras também podem ajudar no combate a diabetes tipo 2, atrasando a absorção de açúcares, isto é, glicose no sangue. Como resultado, os adultos com diabetes podem desfrutar dos morangos com moderação na sua dieta;

– Os morangos são naturalmente baixos em calorias e em sódio e açúcar. A coloração vermelha contém antocianinas, que estimulam a queima de gordura armazenada. Coma uma xícara e meia de morangos e você terá um lanche com menos de 100 calorias, e muito mais saudável do que qualquer lanche pré-embalado;

– Morangos contêm potássio, vitamina K e magnésio, que são importantes para a saúde dos ossos. Elas promovem o crescimento dos ossos e mantém os ossos em perfeitas condições. O morango é perfeito para crianças em fase de crescimento;

– A vitamina C presente no morango ajuda a fortalecer o músculo do coração e diminui o colesterol ruim. Além disso, os flavonoides ajudam na circulação das artérias e impedem a coagulação do sangue;

– Os antioxidantes encontrados em morango podem ajudar a reduzir a inflamação das articulações, que facilitam o desenvolvimento da artrite e também podem levar a doenças cardíacas. Eles diminuem a proteína C-reativa. Essa proteína é um indicador de inflamações nas artérias. Então, quanto menores as taxas, menores também os riscos de doenças cardiovasculares.

Qual a melhor forma de consumir o morango?

O morango, como outras frutas, deve ser consumido preferencialmente no seu estado natural. Se for cortar os morangos, consuma imediatamente, pois quando seu interior entra em contato com o oxigênio, parte das substâncias antioxidantes do morango se perdem.

Se você for tomá-lo sob a forma de suco, opte por bebê-lo imediatamente também, enquanto suas substâncias benéficas ainda estão ali. Também evite cozinhar os morangos, pois boa parte da vitamina C se perde. O morango pode ser consumido em saladas ou em pratos de sobremesa.

Os sorvetes de morango com leite industrializado costumam ser produzidos com suco concentrado. Por isso, é melhor dar preferência aos picolés feitos com a própria fruta ou sua polpa.

Uma dica muito importante é consumir morangos orgânicos sempre que puder. Caso não seja possível, é importante lavar bem, pois o morango é uma das frutas com grande quantidade de agrotóxicos. A simples lavagem não garante a retirada de todo agrotóxico, seja do morango ou qualquer outra fruta, sendo que este penetra no tecido vegetal. Segundo o Center For Science And Environment (CSEindia) a simples lavagem com água fria remove apenas 75-80% dos resíduos de agrotóxicos presentes nas cascas e peles. O bicarbonato de sódio é um grande aliado neste processo (1 colher de sopa por litro d’água, deixe imerso por 15 minutos e lave bem), a imersão em água fervendo e a exposição ao vapor também ajudam a eliminar o agrotóxico dos alimentos.

Existem contra indicações?

O consumo do morango não tem contraindicação, mas se consumido em excesso pode piorar os casos de pedra nos rins, devido à presença de ácido oxálico, substância causadora de cálculos renais. Por ser cítrico e possuir fibras insolúveis, o morango pode causar irritação no intestino e piorar o quadro de pacientes que sofrem com este tipo de problema.