Jantar de ação de graças no metrô em NY

Um grupo de nova-iorquinos serviu um jantar de ação de graças dentro de um vagão no metro de NY, e é claro que o momento viralizou na web. “Planejamos isso por três meses”, disse o comediante Jodell Lewis (conhecido pelo nome artístico de Joe Show), que teve a ideia. “Eu disse ‘vamos levá-lo para o trem, vamos fazer amizades'”.

O jantar contou com mesas e decorações, enquanto o trem fazia paradas da Union Square para a Broadway Junction, o jantar era servido aos passageiros. “Eles estavam dizendo ‘obrigado’ e ‘o macarrão com queijo está no ponto'”, disse Lewis.

Uma empresa de catering local, doou e cozinhou toda a comida. Enquanto muitos estavam pegando pratos de comida, outros pegaram seus telefones para gravar vídeos emocionantes que se tornaram virais. “O objetivo desse vídeo era proporcionar um bom momento aos nova-iorquinos e retribuir à comunidade”, disse Lewis.

Leia também: Moradores transformaram terrenos baldios em hortas comunitárias

Leia também: Qual a carne certa para o Natal?

O post divulgando o ocorrido rapidamente viralizou, provocando gargalhadas e, ao mesmo tempo, polêmicas. Enquanto alguns comemoravam o espírito gregário e festivo dos nova-iorquinos, outros reagiram com espanto e até mesmo nojo: o motivo das reações negativas não foi político ou histórico, mas sim higiênico, em comentários cômicos a respeito das condições sanitárias do metrô de Nova York.

Lewis não economizou no jantar, além do prato mais famoso da ceia, o peru, o banquete teve receitas como purê de batatas, couve, inhame e molho de cranberry. Para o brinde, ele distribuiu taças de champanhe para o público do vagão. “Estamos tão agradecidos que decidimos alimentar um trem inteiro”, afirmou o comediante em um dos posts divulgados no Instagram.

Dia de Ação de Graças

Um dos mais importantes feriados nos EUA, o Dia de Ação de Graças, conhecido em inglês como ‘Thanksgiving Day’, é um feriado celebrado sobretudo nos Estados Unidos, no Canadá e nas ilhas do Caribe. O Dia de Ação de Graças reúne famílias ao redor de imensos perus cozidos para agradecerem a Deus com orações e festas, pelos bons acontecimentos ocorridos durante o ano.

O primeiro Dia de Ação de Graças foi celebrado em Plymouth, Massachusetts, pelos colonos que fundaram a vila, em 1620. No ano seguinte, depois de más colheitas e inverno rigoroso, os colonos tiveram uma boa colheita de milho no verão de 1621. Por ordem do governador da vila, em homenagem ao progresso desta safra em anos anteriores, a festa foi marcada no início do outono de 1621.

Homens de Plymouth mataram patos e perus, outros alimentos que faziam parte do cardápio foram peixes e milho. Cerca de noventa índios teriam participado do festival. Todos comeram ao ar livre em grandes mesas.