Já imaginou um delicioso sushi ou bacalhoada com peixe vegetal?

Já imaginou poder saborear um delicioso sushi ou uma bacalhoada com peixe vegetal? As duas novidades de peixes vegetais vêm de empresas diferentes, o salmão vegetal é ideia da The New Butchers, foodtech brasileira exclusivamente focada na produção de alimentos à base de plantas. Já o bacalhau vegetal é uma nova adição à linha Incrível, da gigante Seara Alimentos, que aposta cada vez mais em produtos vegetais para ganhar espaço neste segmento do mercado. 

Salmão vegetal

Falando sobre a novidade do The New Butchers, o salmão vegetal, o ‘The New Fish’, chega ao mercado em embalagens de 180 gramas e é produzido à base de proteína de ervilha, é livre de soja e também contém ômega-3, nutriente rico no peixe “original”. Atualmente, o produto pode ser encontrado nas lojas da rede Pão de Açúcar. 

“A força dos produtos plant-based nos surpreendeu positivamente e tem reforçado que esses itens verdadeiramente se consolidaram no cardápio do consumidor brasileiro, mesmo entre aqueles que consomem carnes habitualmente. Com esta nova parceria com a The New Butchers e o lançamento exclusivo do ‘The New Fish’, o primeiro salmão vegetal do país, reforçamos o pioneirismo e a inovação do Pão de Açúcar em investir continuamente para manter essa linha de produtos em constante atualização para os nossos clientes”, explica André Artin, gerente de desenvolvimento comercial do Pão de Açúcar. 

Leia também: Proteína vegetal aumenta nossa longevidade

Leia também: Ômega 3 desempenha diversas funções no organismo

Bacalhau vegetal

Já o bacalhau vegetal é invenção de uma das maiores produtoras de alimentos do Brasil e do mundo, que traz a adição à sua linha ‘Íncrivel’, de produtos orgânicos. O ‘Íncrivel Bacalhau’ foi lançado para as festas de final de ano e promete textura e sabor iguais do bacalhau, mas com origem vegetal. Produzido com grão-de-bico, proteína de soja, azeitona e pimentões, uma peça serve até duas pessoas e é rico em vitamina B12, fonte de ferro, tem zero gordura trans e vem pronto para o consumo, basta aquecer. 

Segmento emergente

As duas empresas entram em um segmento notavelmente em constante crescimento, atentas às mudanças nos hábitos de consumo alimentar dos consumidores. A Seara utiliza a tecnologia Biomolécula para reproduzir a suculência da carne em alimentos elaborados com proteína vegetal, além de realizar constantes pesquisas científicas para reproduzir aroma, textura e sabor no Íncrivel.Lab, um hub com foco em refeições livres de carne animal e novas tendências em alimentação. 

A The New Butchers, por sua vez, é uma startup fundada em 2019 e que entrou no mercado diretamente no segmento de alimentos totalmente livres de produtos de origem animal, com uma linha também composta por hambúrgueres bovinos e de aves, todos à base de plantas.

Fonte: Embalagem Marca / Vegan Business