Frutas secas e castanhas são ricas em nutrientes

Associar esses alimentos é uma estratégia muito vantajosa, explica a nutricionista Klara Rahmann, consultora da EnovaFoods. “Cada um desses ingredientes tem nutrientes específicos, que fornecem uma gama mais ampla de vantagens para o corpo quando combinados, devido à composição mais completa em macronutrientes”, ressalta.

Além de proteínas, carboidratos e gorduras boas, o combo tem muitos micronutrientes, como vitaminas, minerais e agentes naturais antioxidantes e anti-inflamatórios. Isso agrega maior valor nutricional e aumenta a sensação de saciedade.

As oleaginosas, grupo formado por castanhas, nozes, amêndoas e outros – são fontes de energia imediata com longa duração, o que é ótimo para a prática de atividades físicas ou para manter a disposição ao longo do dia.

Outro ponto positivo é o fato de as frutas secas facilmente substituírem um doce, sem agredir a saúde, pois são ricas em nutrientes e contam com açúcares naturais. Porém, é preciso ter cuidado. Elas são mais calóricas que as frutas normais, pois, quando passam pelo processo de desidratação, a frutose (açúcar da fruta) é acumulada. Assim, é necessário saber consumi-las com moderação.

Porção segura

A especialista em medicina ortomolecular e emagrecimento Ana Carolina Candia explica que a quantidade ideal diária depende de cada pessoa, uma vez que varia de acordo com peso, formação corporal (gordura e massa magra), prática de atividade física, entre outros fatores. “Uma porção segura para todos é apostar em um total de cinco unidades, misturando castanhas e frutas.”

Apesar do teor calórico e da gordura, eles são aliados excelentes para o emagrecimento. “O combo ajuda a manter a reeducação alimentar, com as ricas fontes de ácidos graxos, monoinsaturados e poli-insaturados”, destaca. 

Já as nozes com açúcar e sal não são indicadas. O ideal é conferir as embalagens e dar preferência aos ‘in natura’. Prefira sempre comprar nozes, castanhas e sementes sem sal, que eleva a pressão arterial e causa retenção de líquidos. E evite as frutas cristalizadas, que são cheias de açúcar.

Quando passam pela desidratação, as fibras, minerais e açúcares permanecem preservados e ficam muito mais concentrados. O damasco seco, por exemplo, tem duas vezes mais vitamina A, três vezes mais potássio e oito vezes mais ferro.

Monte seu mix

Quem quer fugir dos pacotes industrializados pode comprar, separadamente, cada um dos ingredientes e montar o próprio mix de oleaginosas e frutas secas. É simples e permite alternar os elementos, para não enjoar.

Mas muita atenção, a porção não deve ultrapassar a quantidade indicada de 30g a 40g, pois as frutas secas, mesmo as sem açúcar adicionado, têm alto teor calórico.

Fonte: Saúde Plena