Freekeh um trigo colhido antes do amadurecimento

Originário da Síria e consumido a milhares de anos pela população do oriente médio, o freekeh (pronunciado free-kah) é, geralmente, o trigo colhido antes do amadurecimento e aqui no Brasil é mais conhecido como trigo verde. O Freekeh, muito usado em dietas de emagrecimento, tem benefícios que não se limitam apenas a isso, ele pode contribuir para a sua saúde e ainda oferecer um sabor diferenciado ás suas refeições.

O trigo, quando colhido precocemente, pode apresentar maior teor de proteínas, fibras e micronutrientes (vitaminas e minerais), daí o surgimento do trigo verde ou freekeh. A colheita precoce não influencia somente no valor nutricional do grão, mas também em seu sabor e textura, bastante diferenciados.

O freekeh portanto não é um grão “real”, embora muito comparado nutricionalmente com a quinua, ou quinoa, não existe uma planta freekeh, mas sim um processo, que começa na escolha dos grãos verdes jovens, como dito, mais comumente o trigo, depois secando, assando e esfregando os grãos. Atualmente, o principal produtor mundial de freekeh é a Austrália.

Leia também: Entenda o que são fibras alimentares, os tipos e benefícios

Leia também: Quinua o melhor alimento de origem vegetal

A cada 100 gramas do alimento podemos encontrar 353 calorias, 14,9 gramas de proteínas, 60,8 gramas de carboidratos e 12,9 gramas de fibras alimentares (duas vezes mais que a quinoa e três vezes mais que o arroz integral), além de vitamina A, B1, B2, C, E e minerais como cálcio, cobre, ferro, magnésio, potássio e zinco. Ainda possui amido resistente, sendo considerado um prebiótico porque estimula a proliferação das bactérias ‘boas’ do sistema digestivo.

Benefícios do Freekeh

– Auxilia no controle de peso: O freekeh é rico em fibras alimentares e proteínas o que proporciona mais saciedade ao acrescentar o alimento em suas refeições.

– Proporciona a saúde dos olhos: O alimento contribui para a saúde de seus olhos, pois possui quantidades significativas de luteína e zeaxantina, carotenoides que são antioxidantes e podem prevenir a degeneração macular relacionada à idade.

– Trata problemas digestivos: O freekeh pode oferecer um efeito prebiótico, o que estimula o crescimento de bactérias saudáveis para auxiliar no funcionamento do intestino. Com isso o freekeh pode ser auxiliar no tratamento de doenças como síndrome do intestino irritável, entre outras doenças e inflamações, além de melhorar a nossa imunidade.

– Possui baixo índice glicêmico: Sua composição garante ao grão um baixo índice glicêmico, ou seja, ele auxilia para uma absorção mais controlada de nutrientes, sobretudo da glicose, favorecendo o controle de peso e o emagrecimento e também o controle dos níveis de glicose no sangue, ou seja, pode também ser um alimento benéfico para diabéticos.

– Possui ação antioxidante: A presença de compostos antioxidantes no grão garante a proteção do corpo contra a ação dos radicais livres, evitando a degeneração das células e o envelhecimento precoce, combatendo, inclusive, doenças como mal de Alzheimer e Parkinson.

– Ajuda na construção muscular: O freekeh contém cerca de 2,27 gramas de ácido glutâmico por porção, que é a maior quantidade de amino em seu perfil de aminoácidos. Popular para atletas e bodybuilders, o ácido glutâmico ajuda a sintetizar glutamina e tem a capacidade de ajudar a construir músculos e dar resistência e força a eles.

– Fornece energia: As vitaminas do complexo B contidas na composição nutricional do freekeeh estão intimamente relacionadas à formação de energia, juntamente com a generosa quantidade de carboidratos que o alimento oferece. Com isso esse ‘super grão’ é um aliado para que você ganhe mais disposição no dia-a-dia.

Riscos de consumo e efeitos colaterais

O uso de freekeh não possui contra indicações, mas é recomendável que você reconheça se possui doença celíaca ou qualquer outra intolerância ao glúten, para que assim evite possíveis reações inesperadas. Pessoas que possuem restrição a potássio e problemas renais também devem atentar para o consumo do alimento.