Fitoesterois diminuem a absorção de gorduras

Os fitoesterois são compostos naturais encontrados em óleos de alimentos vegetais. Eles fazem parte da estrutura desses óleos e conta com várias funções específicas nesse cenário. Na alimentação humana, os fitoesterois contam com uma importante função para a saúde: substituem e diminuem a absorção de gorduras como o colesterol ruim (LDL) pelo organismo, atuando de maneira positiva, principalmente, no funcionamento do sistema cardiovascular.

A capacidade dos fitoesteróis de reduzir os níveis de colesterol foi demonstrada pela primeira vez em humanos em 1953. De 1954 a 1982, os fitoesteróis foram comercializados como produtos farmacêuticos sob o nome de Citelina como um tratamento para colesterol elevado.

Segundo a recomendação da sociedade brasileira de cardiologia , é necessária a ingestão de duas gramas ao dia de fitoesterois para a redução média de 10-15% do LDL-C. A ingestão de três a quatro gramas ao dia de fitoesterois pode ser utilizada como adjuvante ao tratamento hipolipemiante. Os fitoesterois estão presente em alimentos de origem vegetal, como oleaginosas, cereais, sementes, óleos vegetais em geral (principalmente de milho, canola, girassol e soja).

Leia também: Colesterol é sim essencial para o nosso organismo

Leia também: Como reduzir em 80% as doenças cardíacas

Benefícios dos fitoesterois

– Proporcionam a saúde do sistema cardiovascular: Como foi dito, os fitoesterois não só diminuem, mas também substituem a absorção de gorduras, como o colesterol ruim (LDL). Fitoesterois apresentam grande similaridade estrutural com o colesterol. Por isso, quando ingeridos, competem pela absorção com o colesterol. Desta forma, parte do colesterol dietético não é absorvido e ou ainda, é extrusado para fora do enterócito por proteínas específicas.

– Beneficia diabéticos: Um estudo do Diabetes Research and Clinical Practice analisou o impacto dos fitosteróis nos lipídios presentes no plasma de pacientes com diabetes tipo 2. Como conclusão, eles avaliaram que o componente foi capaz de reduzir significativamente o colesterol total e o LDL, com uma tendência de melhora no HDL.

– Combate o câncer: Uma pesquisa feita na Universidade Federal de Nova York apontou que o uso de fitosteróis na alimentação é capaz de reduzir significativamente o risco de diversos tipos de câncer em até 20%.

Suplementação de fitoesterois

Indivíduos que mantém uma alimentação com alta ingestão de produtos naturais e vegetais podem já contar com o benefício desses compostos em sua saúde, entretanto, é possível potencializar a ação os fitoesterois no organismo humano com a ingestão de formas isoladas dessa molécula. Para isso, existe a possibilidade de consumir fitoesteróis em cápsulas, que atua como um suplemento alimentar na sua dieta diária.

Acredita-se que como a biodisponibilidade dos fitoesteróis nos alimentos não é tão alta, as cápsulas podem ajudar a potencializar a ação benéfica desses compostos na saúde humana.

Para fazer o uso correto da suplementação de fitoesteróis para beneficiar a sua saúde, é importante contar com a orientação de um profissional da saúde especializado em alimentação, como um nutrólogo ou um nutricionista. Como esses profissionais vão fazer um estudo completo de como sua saúde se relaciona com sua alimentação, eles serão capazes de indicar o volume de fitoesteróis que é necessário para equilibrar a qualidade do funcionamento do seu sistema cardiovascular.

Riscos de consumo e efeitos colaterais

É importante lembrar também que os fitoesterois podem ser contraindicados para alguns indivíduos, quando consumidos em cápsulas, como aqueles que tem hipersensibilidade a qualquer um dos componentes encontrados nas mesmas, crianças abaixo de cinco anos, lactentes e gestantes. Pacientes que fazem uso de medicamentos para controle do colesterol devem procurar um profissional de saúde para fazer uso seguro e combinado dos dois produtos.

Os fitoesterois não devem ser utilizados junto com a quitosana, visto que ela inibe a atuação do composto funcional.