Couve-flor um vegetal que merece estar em sua dieta

A couve-flor é um vegetal que merece uma participação regular em sua dieta por suas excelentes propriedades. Parte da família das crucíferas, assim como o brócolis, o repolho, a couve de bruxelas e a couve manteiga. Considerados alimentos funcionais, estes vegetais são ricos em  fibras, minerais (cálcio, magnésio, fósforo, selênio) e vitaminas (E, K e C), além de apresentarem baixo teor calórico e serem fontes de luteína, betacaroteno, quercetina e antioxidantes.

A couve-flor está entre os 20 melhores vegetais pontuados no Índice de Nutrientes Densidade Agregado (ANDI), que mede a quantidade de vitaminas, de minerais e de conteúdo fito nutriente em relação ao conteúdo calórico. Isso significa que o alimento fornece uma grande quantidade de nutrientes para uma pequena quantidade de calorias, motivo pelo qual pode e deve ser usado em muitas dietas de emagrecimento.

Além de ser extremamente versátil, a couve-flor pode ser consumida cozida, frita, assada e até mesmo crua, ela tem um sabor neutro o que permite ser utilizada em diversas receitas como saladas, molhos, purês, suflês, assados, base para pizzas fit e como substituto do arroz em dietas low carb.

Benefícios da couve flor

– Favorece o emagrecimento: Assim como outros alimentos riscos em fibras, a couve-flor proporciona a sensação de saciedade. Além disso, o alimento tem baixíssima quantidade de calorias: em 100 grs de couve-flor cozida há apenas 25 calorias.

– Ajuda na desintoxicação: A Couve-flor ajuda seu corpo a se desintoxicar, ela têm substâncias que ajudam o organismo a excretar as toxinas. Contém glicosinatos e tiocinatos que aumentam a capacidade do fígado de neutralizar substâncias tóxicas, além de outras enzimas que ajudam na desintoxicação como a redutase quinona, glutationa transferase e a gluronosil transferase.

Leia também: Dieta ‘Low Carb’, o que é isso?

Leia também: Vitamina C vital para o organismo

– Tem antioxidantes e fitonutrientes: Comer couve-flor irá te garantir a ingestão de muitos antioxidantes e fitonutrientes. Vitamina C, betacaroteno, kaempferol, a quercetina, rutina, ácido cinâmico, e muito mais.

Se você consumir esses micronutrientes, seu corpo será capaz de resistir ao envelhecimento causado peala exposição a poluentes, ao estresse crônico e muito mais. Não ter uma dieta rica nesses nutrientes que combatem os radicais livres pode resultar em danos, como lesões de órgãos

– Melhora a saúde do coração: O sulforafano presente na couve-flor e em outros vegetais crucíferos também foi estudado como capaz de melhorar a saúde do coração. A substância tem capacidade de aumentar as defesas antioxidantes e as proteínas detoxificadoras intracelulares, assim protege os vasos sanguíneos e reduz os danos causados às células pelo excesso de açúcar. Um estudo da Universidade Federal do Rio Grande do Sul concluiu que existem efeitos benéficos do sulforafano no remodelamento cardíaco pós infarto do miocárdio.

– Previne alguns tipos de câncer: A couve-flor contém antioxidantes que ajudam a prevenir mutações celulares e a reduzir o efeito dos radicais livres. Um deles é o indol-3-carbinol ou I3C, que é encontrado nos vegetais da família crucífera, e segundo diversos estudos, foi apontado como capaz de reduzir quatro tipos de câncer: de mama, endomentrial, cervical e de próstata.

Estudos recentes mostram que alimentos que contém o sulforafano, um composto de enxofre, são potenciais aliados contra o câncer, especialmente melanoma, câncer de esôfago, de próstata e pâncreas. A substância é o que dá aos vegetais crucíferos o sabor amargo e tem sido estudada com a função de matar células tronco cancerosas, atrasando assim o crescimento de tumores.

– Ação anti-inflamatória: A couve-flor tem um grande número de nutrientes anti-inflamatórios, eles atuam em nível celular, prevenindo as respostas inflamatórias desde o início. Ela atua na regulação do sistema imune e inflamação, diminuindo assim o risco de doenças relacionadas, como doença cardiovascular, diabetes, cancro e obesidade.

– Rica em vitaminas e minerais: Comer regularmente couve-flor é uma maneira simples de obter nutrientes necessários para seu corpo. Uma xícara de couve-flor crua, por exemplo, tem mais de 50% da necessidade diária de vitamina C, 13% de folato e quantidades razoáveis de potássio. É também uma boa fonte de proteína, tiamina, riboflavina, niacina, magnésio, fósforo, fibras, vitamina B6, ácido fólico, ácido pantotênico e manganês.

– Cuida da saúde cerebral: A couve-flor é uma boa fonte de colina, uma vitamina muito importante e versátil, conhecida pelo seu papel no desenvolvimento do cérebro. A ingestão de colina ajuda no sono, na aprendizagem e na memória. A substância também ajuda a manter a estrutura das membranas celulares, auxilia na transmissão de impulsos nervosos e auxilia na absorção de gordura.

– Proporciona benefícios digestivos: Ela é rica em fibras e em teor de água, por isso ajuda a prevenir a constipação, a manter um sistema digestivo saudável e assim diminuir o risco de câncer de cólon. Além disso, o sulforafano ajuda a proteger o revestimento do estômago e impede o crescimento excessivo de bactérias Helicobacter pylori, que causam distúrbios estomacais.

– Deixa os ossos fortes: A couve-flor é um alimento rico em vitamina K e estudos associam a baixa ingestão de vitamina K com um maior risco de fratura de osso e osteoporose. Um consumo adequado da vitamina melhora a saúde de seus ossos, pois melhora a absorção de cálcio e reduz a excreção urinária de cálcio.